Viagem pelas ruas da amargura

"As viagens devem ser um instrumento à procura do fantástico,nunca o suporte de uma devoção complacente" - Baptista-Bastos

sexta-feira, julho 27, 2007

No final de uma conferência

"Enquanto houver revolução por refazer não é tempo de dormir".

Marcelino dos Santos, histórico da Frelimo, no Porto, a 26 de Julho de 2007

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial